Campanha Salarial 2015: Ciclo de Gestão apresenta condições para acordo plurianual


30/07/15 - 14h54m

por Assecor

As entidades que compõem o Ciclo de Gestão, AACE, AFIPEA, ANESP e Assecor, estiveram com o Secretário de Relações de Trabalho do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (SRT/MP), Sérgio Mendonça, na tarde desta terça-feira (28), na primeira mesa setorial após a apresentação de contraproposta governista. Os líderes das entidades discutiram condições para avançar na proposta de reajuste plurianual (4 anos) apresentada pelo governo.

Em primeiro lugar, o grupo entende que é necessário garantir complemento de valores caso a inflação dos próximos anos fique acima dos índices pactuados nesta Campanha Salarial. Da mesma forma, as entidades do Ciclo de Gestão consideram imprescindível recuperação das perdas inflacionárias do passado recente nas parcelas de reajuste dos dois primeiros anos de vigência do acordo (2016 e 2017).

As entidades também cobraram resposta às demais demandas já apresentadas, pois querem avançar em discussão que enfrente o conjunto de pedidos apresentados, e não limitar a negociação a tratar de um ponto ou outro ponto da pauta de reivindicações. Foi requerido, ainda, que qualquer acordo, com melhores condições, concluído com outras carreiras do serviço público federal, mesmo que pactuado após entendimento com as entidades do Ciclo de Gestão, seja ofertado para deliberação do grupo.

O Secretário Sérgio Mendonça se mostrou receptivo a negociações que tratem dos próximos quatro anos, deixou claro que pactuar é importante para o governo,e repetiu não dispor de grande margem para negociar os índices de reajuste, ressaltando ser possível cláusula de revisão.

"Entendo que é difícil lidar com esse ano de 2015, com essa inflação mais alta, no entanto estamos fazendo leituras diferentes. Vemos que viemos (governo) até 2015 com uma gordura de acordos anteriores e por isso propomos olhar para frente. Uma cláusula de revisão também é uma tentativa de construir acordo. Avaliaríamos a inflação decorrida até 2017 reavaliando as projeções para o período seguinte e negociaríamos novamente em cima disso.”, argumentou.

Além disso, Sérgio se mostrou preocupado com o prazo para a negociação salarial, visto que finda em agosto o prazo para apresentação de projeto prevendo o reajuste salarial dos servidores ao Congresso Nacional. Como alternativa, pretende que pautas específicas, que não tenham impacto financeiro relevante, continuem em negociação nos meses seguintes. "Nós estamos perto de um prazo que não nos permite gastar muito tempo tergiversando sobre as pautas específicas, pois elas podem ser tratadas após o prazo do dia 21 de agosto”, afirmou.

As entidades do Ciclo de Gestão reforçaram a necessidade de agendamento de novas reuniões para que a negociação avance e chegue a bom termo no prazo necessário. A próxima reunião ainda não foi agendada, mas o Secretário assegurou que novo contato não deve demorar.

Entidades do Núcleo Financeiro também participaram do encontro.

Comentários

Ciclo de Gestão do Poder Executivo Federal

AACE - (61) 3965.0044 / AFIPEA - (61) 3321.2615 / ANESP - (61) 3323.2397 / ASSECOR - (61) 3274.3132

 

© 2017 Ciclo de Gestão.    Todos os Direitor Reservados.